fbpx

Surto de Febre Amarela no Brasil alerta para a necessidade de vacinação

Blog

Em 2017 o surto de febre amarela é considerado o maior pelo Ministério da Saúde nos últimos 10 anos. O surto vem ocorrendo na região SUDESTE do Brasil sendo Minas Gerais o estado que registrou o maior número de casos (391 casos em investigação com 58 casos confirmados). No Espírito Santo 39 casos suspeitos estão sendo investigados.  Em São Paulo foram 3 óbitos confirmados.

Febre Amarela é uma doença viral encontrada em regiões tropicais da África e das Américas. É transmitida por mosquitos que picam homens ou primatas infectados. Os principais sintomas são febre alta, dor muscular, calafrios, perda de apetite, náuseas e vômitos.

Não existe tratamento específico para a doença, apenas tratamento suportivo, como hidratação e tratamento das complicações hemorrágicas e insuficiência renal e do fígado.

A letalidade por febre amarela é alta, principalmente nos casos onde não há acompanhamento médico e a doença evolui para forma hemorrágica. Em Minas Gerais até agora há 83 óbitos sendo que foram confirmados até agora 32 óbitos.

Existe uma vacina que previne a febre amarela. Ela é indicada para pessoas que moram em zonas endêmicas ou para viajantes com destino a zonas endêmicas.

A Bravacinas é uma clínica especializada em vacinas para viajantes e possui autorização da ANVISA para emitir o certificado internacional de vacinação e profilaxia – CIVP.

Confira o INFOGRÁFICO abaixo e saiba mais:

 

febre_amarela

Post anterior
Amamentação reduz o choro ao vacinar
Próximo post
Idosos devem ou não devem vacinar contra febre amarela?

Posts Relacionados

Menu